Linha Contacto: (+351) 213 964 086



CET 02_Ilustração e infografia

Curso exclusivo de especialização tecnológica em design

image

Apresentação

O CET em DESIGN_02 ILUSTRAÇÃO E INFOGRAFIA apresenta-se como um espaço privilegiado na aquisição de competências da prática profissional em que a predominância técnica e tecnológica é preponderante, nas áreas do design editorial e da produção gráfica.

A aprendizagem projetual, técnica e tecnológica tem lugar em regime de atelier com desenvolvimento de projectos tipo como método de ensino, visando uma aproximação real ao mercado editorial segundo o desenvolvimento projetual, por um lado, e, tecnológica no domínio dos softwares adequados a um conhecimento técnico ativo, metodológico e participativo nas tarefas inerentes a um técnico de produção gráfica.

Paralelamente às competências técnicas e tecnológicas, a componente de formação geral e científica é, neste caso, adequada à especificidade temática deste CET.

Perfil de saída

. Conferir o perfil de competências de um ilustrador/infografista na área do design editorial, nomeadamente nos aspetos da representação diagramática, ilustração analógica e digital aplicada a revistas, livros, jornais e produtos gráficos promocionais;
. Aprofundar conhecimentos técnicos, orientados para a produção;
. Desenvolver capacidades metodológicas e estratégicas na execução das tarefas técnicas e tecnológicas relacionadas com o fluxo de produção de conteúdos editoriais;
. Estreitar uma aproximação à prática profissional em contexto de trabalho real.

Saídas profissionais

. Ilustração e Infografia em empresas de serviços de design editorial:
. Infografia em empresas de comunicação social;
. Técnico de ilustração;
. Técnico em representação diagramática;
. Infografista;
. Assistente de design de mapas, diagramas, plantas e sinalética.

Área de educação e formação

21 Artes – 214 Design

Atribuição

Diploma de Especialização Tecnológica | Nível V

ECTS

62 ECTS [+15 ECTS para os que pretendam concluir por esta via o 12.º ano]

Duração

12 Meses | 2 Semestres – Componente Letiva
6 meses | 1 semestre – Componente de Formação em contexto laboral
Calendário do Curso - 4 de novembro de 2013 a 12 de dezembro de 2014

Coordenação

Fabiana Costa e Arnaldo Costeira
direccao@estal.pt

Condições de acesso

Candidatura
Podem candidatar-se a este CET:

. Titulares de um Curso de Ensino Secundário ou habilitação equivalente;
. Todos os que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas do 10.º e 11.º anos e tendo estado inscritos no 12.º ano de um Curso de Ensino Secundário ou habilitação equivalente, não o tenham concluído;
. Titulares de um Diploma de Especialização Tecnológica ou de um Grau ou Diploma de Ensino Superior que pretendam a sua requalificação profissional;
. Titulares de uma qualificação profissional de nível IV (12.º ano profissional);
. Maiores de 23 anos aos quais, com base na experiência, sejam reconhecidas capacidades e competências que os qualifiquem para a frequência de um CET.

Elementos a apresentar na candidatura:

. Preenchimento da ficha de candidatura;
. Certificado de habilitações;
. Boletim de vacinas;
. Três fotografias ou fotografias digitais;
. Fotocópia do B.I. ou Cartão do Cidadão;
. Fotocópia do Cartão de Contribuinte (no caso de ter B.I.);
. Entrevista com a comissão de avaliação.

Propina:
Prestação mensal_ € 225 (17 x € 225);
Candidatura_ € 150.00* (na primeira fase até 17 de setembro) ou € 175.00 (na segunda fase até 17 de novembro de 2013);

* O valor da candidatura converter-se-á em valor de matrícula

Prazos

Candidaturas, inscrições e matrículas 2013/2014
No ano lectivo de 2013/2014, estão estabelecidas, de acordo com o calendário escolar, duas fases de matrícula:
Início do Curso: 4 de novembro de 2013

Matrículas/Inscrições: 23 a 29 de outubro de 2013
Pré-inscrições: Abertas

Candidaturas:
1.ª Fase Até 17 de setembro de 2013
2.ª Fase 18 a 27 de setembro de 2013
3.ª Fase 5 a 18 de outubro de 2013

Resultado da seleção:

Afixação de resultados provisórios 1.ª e 2.ª fases: 4 de outubro de 2013
Reclamações: 07 a 11 de outubro de 2013
Afixação de resultados provisórios 3.ª fase: 21 de outubro de 2013
Reclamações 3.ª fase: 21 e 22 de outubro de 2013
Afixação de lista definitiva: 23 de outubro de 2013

Calendário escolar CET 2013/14

Início do Período Letivo
Férias de Natal
Carnaval
Férias da Páscoa
Férias de Verão
Fim do ano letivo dos CET
Feriados
6 janeiro 2014
21 dezembro 2013 a 2 janeiro 2014
1 a 5 março 2014
18 a 27 de abril 2014
1 a 31 agosto 2014
12 fevereiro 2015
1 de maio
10 junho
13 junho

Estrutura Curricular

Componente de formação

Geral e Científica – 150 horas
Tecnológica – 850 horas
Estágio (Formação em contexto de trabalho) – 560 horas

TOTAL 1560h

Horários

CURSO LABORAL: Tarde – 13:00h às 18:00h
CURSO PÓS-LABORAL: Noite – 18:00h às 23:00h

Metodologia

. Aulas teóricas, expositivas, com o desenvolvimento das várias vertentes do programa e com apoio audiovisual;
. Sessões práticas constituídas pela apresentação de trabalhos de grupo e discussão dos respectivos conteúdos;
. Desenvolvimento das aulas, na articulação constante entre o "saber" e "saber-fazer". As aulas serão expositivas, apoiadas pela utilização de auxiliares didáticos diversificados;
. Aulas práticas, de aquisições técnicas, individuais e em grupo; aplicação de técnicas variadas, no desenvolvimento de modelos;
. Análise de textos. Apresentação de imagens de campanhas publicitárias. Leituras complementares. Apresentação de trabalhos em grupo. Visitas de estudo a exposições;

Avaliação
Os métodos de avaliação de competências serão adaptados a cada curso de forma a aferir a cabal aquisição de competências definidas nos objetivos gerais do plano curricular, com recurso a métodos de avaliação formativa para aferição a cada momento das competências a trabalhar e por meio de exercícios formativos e técnicas de avaliação de conhecimentos.
Será utilizado o método de avaliação sumativa para aferição dos conhecimentos e competências no perfil de saída e que corresponderá à avaliação final de cada módulo com recurso a exames escritos e trabalhos práticos. A escala de classificação será de 0 a 20, correspondendo a nota mínima de sucesso a 10 valores.
A avaliação dos alunos com estatuto de trabalhador-estudante poderá ser diferenciada dos restantes alunos de modo a permitir uma adequada avaliação dos alunos com este estatuto.